Estamos acostumados a nosApple e Android Briga apaixonar por uma determinada marca/brand, defendendo-a piamente como a melhor escolha, menosprezando as demais e avaliando-as como ruins, alguns exemplos do que fazemos normalmente:

  • iOS x Android
  • Linux x Windows
  • VW x FiatEntre outras …

Deixando de lado a brincadeira bairrista, tomar partido na escolha de uma tecnologia não é uma coisa sensata, uma vez que cada produto pode ter sua utilidade para focos em usuários distintos e para necessidades diferentes, sendo que nenhum produto consegue cobrir todas as inovações emergentes e/ou todas as necessidades dos usuários, sem contar que cada ser humano tem seu próprio gosto e preferência.Apple e Android Amor

No caso de Cloud Computing não é diferente, pois não há como classificar ela como boa ou ruim, mas devemos pensar nela como uma nova ferramenta de TI, ou seja, não prudente dizer que todos deveriam ir para Nuvem ou todos deveriam ficar com suas próprias infraestruturas locais, pois cabe uma análise mais profunda que apenas ir ou ficar. Neste artigo encontrará um pouco de uma análise e que poderá te dar caminhos para que se possa tomar uma decisão mais adequada.

Primeiramente vamos analisar os pros e contras de termos o ambiente dentro de casa (In-House) e o ambiente em Nuvem (Cloud):

In-House:

Pros Correto Contras
Incorreto
Você consegue controlar o seu próprio backup Espaço para alocar infraestrutura
Não depende de uma conexão de internet para acessar seus próprios dados Custo com mão de obra especializada de infraestrutura para sustentação de todos os ambientes
Você tem total controle e acesso sobre os dados de negócio da sua empresa, podendo proteger e gerenciar sozinho seus dados como bem entender Investimentos em Infraestrutura e compra de Hardware, ar condicionado, gerador de energia redundante, ou até mesmo alugar um data center.
Caso necessite de mais de 99,95% de disponibilidade, você conseguirá construir sua própria infraestrutura de alta Disponibilidade Se não houver backup ou negligenciar o mesmo poderá haver perda de dados sensíveis à empresa

[…]

Ao longo  das minhas férias tive a oportunidade de conhecer a vasta cultura e história peruana e durante esses dias visitei as maravilhas dos Incas, desde Ollantaytambo e Lago Titicaca ( com famílias que constroem suas próprias ilhas flutuantes para morar sobre o lago ) até Machu Picchu.

Todo o tempo ouvi histórias magníficas do povo Quéchua* e fiquei me “lamentando” da forma como os Europeus, mais especificamente os espanhóis quase acabaram com essa cultura tão rica, forçando o catolicismo, mudando as prioridades econômicas e destruindo monumentos andinos.

Indo atrás de informações para entender como a civilização Inca chegou a ser tão majestosa, entendi que como qualquer outra potência eles também conquistaram à força outros povos menos desenvolvidos subjugando tais civilizações a ponto de eliminar rastros culturais e assim espalhando e tentando perpetuar sua cultura e poder por todo território.

O processo de conquistas e dominação de outros povos é natural e deve acontecer onde o mais forte e/ou mais evoluído se sobressai aos mais fracos impondo sua cultura, mudando a forma de pensar dos demais, forçando assim a evolução normal da humanidade.

Traçando um paralelo com o mundo TI atual, onde antes nos anos 70 a Xerox e a IBM eram o suprassumo da tecnologia criando as principais inovações tecnológicas focadas em hardware e em soluções empresariais (assistam Piratas do Vale do Silício) […]

A quase três meses atrás tive a oportunidade de ir a uma palestra do Márcio Fernandes, CEO da Elektro , e no começo de suas palavras comecei a ver nele um viés de Jesus Cristo, pois as coisas como ele dizia aparentavam ser muito difíceis de serem implementadas em uma organização empresarial. Mas aos poucos ele foi abrindo mais seu coração e mostrando os resultados impressionantes de sua empresa e de sua gestão e principalmente a “Felicidade” das pessoas em trabalharem com sua nova filosofia focada em pessoas, comprovada por ser eleita pela 3ª vez a melhor empresa para se trabalhar na América Latina.

Depois de ouvir sua palestra fui sorteado ao ganhar um livro escrito por ele, do qual a capa se encontra no header desta página. E ao começar a ler, a cada página que eu virava via como as coisas surgiram durante a vida dele e como seu caráter e personalidade foram se montando aos longos dos anos profissionais e pessoais. E vi que sim é muito possível fazer com que as pessoas sejam felizes em seus empregos e desta forma consigam ser mais produtivas e inovadoras…

Os main points de seu livro são: […]

“Não importa qual profissão você esteja pleiteando, não importa quão difícil seja o mercado de trabalho, se você for o melhor, sempre terá emprego e sempre crescerá…” já dizia o meu pai. E eu tenho seguido isso em tudo na minha vida, sempre tento ser o melhor….

Depois de alguns anos trabalhando e tendo este lema em minha vida, algumas pessoas tem me abordado para conselhos profissionais e tenho começado minhas frases com o mesmo conteúdo que meu pai me ensinou e tenho complementado com os alguns outros pontos:

  1. Você precisa ser feliz no que faz, e assim você conseguirá se dedicar com amor nas suas coisas; (Você não pode odiar ou não gostar definitivamente, por que isso te levará ao fracasso…)
  2. Para ser o melhor você precisa se superar e ter todas as qualidades que todos possuem e mais algum diferencial;
  3. Você deve entender que sempre haverão melhores que você em algum aspecto, e admitindo isso você enxergará qualidades nos outros que você deverá melhorar em si mesmo;
  4. Você precisa entender que as coisas mudam e você deve se adaptar rapidamente as condições adversas;
  5. Crie alianças que te ajudem a subir, mas não dependa delas exclusivamente, pois um dia poderá perder elas de uma hora para outra;
  6. Busque conhecimentos em outras áreas, adaptando idéias de outros campos em seu ambiente;
  7. Ouça mais e fale menos;
  8. Tenha em mente que você nunca agradará à todos e assim sendo tome decisões que foquem em seu crescimento, sempre com ética;
  9. Tenha interesse por pessoas fora do seu padrão de vida e de conversas fora do seu normal convívio, isso lhe fará entender que pessoas sempre possuirão pontos de vistas distintos;
  10. Seja paciente, entenda que nada acontecerá sem trabalho árduo e no tempo certo de tomar as decisões.

Todos os itens acima são genéricos e podem ser aplicados em qualquer área…