20180511_152055
11/05/2018

Incas, TI e Catolicismo

Ao longo  das minhas férias tive a oportunidade de conhecer a vasta cultura e história peruana e durante esses dias visitei as maravilhas dos Incas, desde Ollantaytambo e Lago Titicaca ( com famílias que constroem suas próprias ilhas flutuantes para morar sobre o lago ) até Machu Picchu.

Todo o tempo ouvi histórias magníficas do povo Quéchua* e fiquei me “lamentando” da forma como os Europeus, mais especificamente os espanhóis quase acabaram com essa cultura tão rica, forçando o catolicismo, mudando as prioridades econômicas e destruindo monumentos andinos.

Indo atrás de informações para entender como a civilização Inca chegou a ser tão majestosa, entendi que como qualquer outra potência eles também conquistaram à força outros povos menos desenvolvidos subjugando tais civilizações a ponto de eliminar rastros culturais e assim espalhando e tentando perpetuar sua cultura e poder por todo território.

O processo de conquistas e dominação de outros povos é natural e deve acontecer onde o mais forte e/ou mais evoluído se sobressai aos mais fracos impondo sua cultura, mudando a forma de pensar dos demais, forçando assim a evolução normal da humanidade.

Traçando um paralelo com o mundo TI atual, onde antes nos anos 70 a Xerox e a IBM eram o suprassumo da tecnologia criando as principais inovações tecnológicas focadas em hardware e em soluções empresariais (assistam Piratas do Vale do Silício), sendo ultrapassados pela Microsoft e Apple que focaram em software e em computadores pessoais, os PC’s, vendo os microcomputadores como o futuro e superando assim todos na voga dos anos 80 e 90.

Logo após vimos o Yahoo, AOL e Altavista criarem a bolha das “ponto com” onde a Internet imperava como a principal tecnologia a ser aprimorada e utilizada, sendo todos estes superados nos anos 2000 pelo Google com o modelo inovador de faturamento por Click, criado por Bill Gross* e aprimorado por Larry Page e Sergey Brin.

Na sequência a Apple aparece novamente nas capas dos noticiários se reinventando com a volta de Jobs, quando invade espetacularmente o mundo dos walkmans e discmans da Sony com o iPod e logo em seguida destrói o mundo de aparelhos de celulares com o iPhone.

Hoje estamos falando de Amazon, uma livraria on-line que se recria a cada dia, se tornando o maior e-commerce do mundo e detona com um modelo de Cloud que fez com que empresas gigantes de tecnologia repensem seus modelos de Outsourcing e de negócio.

Google, Apple e Microsoft ainda se mantém entre as grandes, mas só o tempo poderá dizer se serão ou não ultrapassados por alguma empresa chinesa ou coreana, assim como a religião católica se sobrepujou sobre a andina e os espanhóis sobre os Incas.

* Quéchua – População que servia ao Inca, apenas o deus em vida poderia ser chamado de Inca, ou seja, aquele que era da linhagem dos governantes.

* Bill Gross – Em algumas biografias não autorizadas sobre o Google, se comenta que o Bill Grosso inventou este modelo de negócio de faturamento por Click e só depois os fundadores do Google começaram à utilizar em seus projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>